Facebook Twitter YouTube RSS
Home Notícias Fox Volkswagen virá com nova opção de motor
formats

Fox Volkswagen virá com nova opção de motor

O Fox é um dos carros mais queridos pelos brasileiros, com uma marca de vendas bastante elevada é um modelo de grande sucesso da Volkswagen. Para agradar ainda mais os consumidores a montadora passou a equipar o Fox com uma nova geração de motores: 1.0l família EA111. Ele virá equipado com o mesmo propulsor que foi lançado nos novos Gol e Voyage, que é denominado como TEC sigla para Tecnologia para Economia de Combustível.

Entre as vantagens do novo motor estão as melhorias de torque em baixas rotações, o que proporciona maior conforto para dirigir, economia de combustível e redução de emissão de CO2.

O motor TEC foi desenvolvido baseando-se no conceito BlueMotion Technology utilizado nos dois últimos lançamentos da Volkswagen. Para o Fox, o benefício de economia de combustível alcança uma média de 3%, em relação ao motor 1.0l VHT.

O novo motor TEC Total Flex, que pode ser abastecido com etanol, gasolina ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção, desenvolve até 76 cv quando está abastecido com etanol a 5.250 rpm e o torque é de 10,6 kgfm a 3.850 rpm. Quando está abastecido com gasolina, a potência é de 72 cv a 5.250 rpm e o torque é de 9,7 kgfm a 3.850 rpm.

Além disso ele possui 999 cm³ de cilindrada, quatro cilindros em linha e duas válvulas por cilindro. Ele está posicionado na dianteira de forma transversal e proporciona um desempenho excelente para o Fox.

O Fox com motor 1.0l TEC necessita de 14,1 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e registra velocidade máxima de 160 km/h (obtida em quinta marcha) com etanol. Com gasolina, a aceleração até 100 km/h é realizada em 14,7 segundos e a velocidade máxima chega a 158 km/h.

Devido a uma série de avanços mecânico, eletrônicos e tecnológicos a evolução do motor 1.0l EA111 foi possível e uma das novidades é o sistema de partida a frio. Com a ajuda de um tanque auxiliar o sistema proporciona partidas mais rápidas a baixas temperaturas quando o tanque principal do veículo está abastecido com etanol.

Uma bomba instalada separadamente e isolada acusticamente, faz uma pressurização da gasolina, cuja vazão é controlada por meio de uma válvula eletromagnética de alta precisão. O combustível é direcionado para uma minigaleria, que fica posicionada no coletor de admissão, e conta com quatro bicos de injeção com orifícios calibrados. A gasolina é injetada em cada um dos quatro cilindros. Essa estratégia de injeção é controlada pela unidade de comando, que sincroniza a entrada de combustível com os ciclos de funcionamento do motor.

Para um gerenciamento com o perfeito sincronismo da injeção de combustível, o motor TEC utiliza a nova Unidade Eletrônica de Controle (ECU), adotada pela matriz, na Alemanha. Uma das principais vantagens da ECU é uma  maior capacidade de armazenamento e processamento. O hardware com micro controlador opera com 32 bits e 2 MB de memória.

A precisão da válvula eletromagética permite que a ECU comande, conforme necessidade, o sistema auxiliar, também na fase pós-partida. Isso promove ótimo comportamento dinâmico do motor desde a partida, com respostas mais espontâneas aos comandos do acelerador, além de redução de emissões de gases poluentes no início da fase de aquecimento do motor.

Motor 1.6 também ganha novidades

O Fox também tem a opção motor 1.6 EA111 VHT, que desenvolve até 104 cv de potência. Assim com esse propulsor, o Fox poder ser equipado com o a tecnologia I-Motion em cambio automático. O Fox 1.6 conta também com a versão BlueMotion, que através de uma série de modificações gera uma economia de combustível superior a 10%.

Gostaram das novidades do Motor TEC ? Conte para a gente o que achou e compartilhe com seus amigos!

Visite o site da Recreio Rio: www.recreionet.com.br/rio.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
1 Comment  comments 

Uma resposta

  1. Jair

    Só acredito fazendo um teste drive, mas com relação a lataria parece até papel de seda. A VW já teve boa lataria apenas nos famosos fuscas, hoje não é lataria, hoje é uma bela porcaria. Se atropelo um besouro chego com o carro amassado. Os fuscas quebravam nossa mão se dessemos um murro, hoje se dermos um murro fura a lata sem arranhar as mãos. Está na hora de fazer valer o preço que pagamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Recreio Rio 2012
credit