Facebook Twitter YouTube RSS
Home Curiosidades Kombi 1971 vira casa móvel
formats

Kombi 1971 vira casa móvel

20130307152104638846i

Uma família americana decidiu abandonar tudo e partir para uma aventura pelas Américas. Inicialmente eles desejavam chegar até Costa Rica e terminar a viagem em um ano. Porém, vivenciando prazeres e aventuras, a família decidiu seguir em frente e aumentar o roteiro de viagem descendo pela América, passando sem rumo pelos países latinos e fronteiras sul americanas. A família é composta por Jason, Angela e  Bode o filho do casal viajante.

Jason era um homem muito preocupado com o trabalho. Engenheiro envolvido no mundo dos negócios em busca do “American dream”. Seu tempo era dedicado quase que integralmente ao trabalho e a sua família ficava em segundo plano.

Bode, em seu aniversário de quatro anos pediu aos pais que fossem mais presentes em sua vida. Simplesmente isso. Depois desse choque, Jason vendeu tudo que tinha, comprou uma Kombi e decidiu pegar a estrada.

Os três gostaram tanto da ideia que decidiram seguir adiante, a viagem já dura três anos e meio. Bode, o grande incentivador de tudo, com sete anos, não se queixa de nada. Ele aproveita todos os momentos e curte cada local visitado. Inclusive todos os momentos midiáticos que eles têm: Entrevistas para emissoras de TV´s, jornais, sites…

Jason explica o motivo de escolherem a Kombi: “Sabíamos que queríamos a Kombi, especificamente a Westfalia porque sabemos que ela é feita para acampar. E a ideia era acampar por todas as Américas. Essa Kombi é preparada para que possamos viver dentro dela.”

O modelo 71 foi escolhido por ser o último ano em que eles fabricaram  o motor 1600 com a ventoinha vertical. Em 72 os alemães fizeram um motor diferente e mais complicado para encontrar peças de reposição. Mas também, foi em 71 o primeiro ano que a van saiu de fábrica com freios a disco na dianteira.

A confiança na Kombi e em um modelo da Volkswagen já vinha de longa data. “Sabíamos que iríamos dirigir um Volkswagen por que eu sempre dirigi VW. Aprendi a dirigir em um velho modelo VW e estou muito familiarizado com toda a mecânica, o motor e etc” conta o americano.

A família que está muito feliz e empolgada com a viagem já sente a Kombi realmente como uma casa:  “É a nossa casa. Nós vivemos nesse veículo e estamos vivendo nele há três anos e meio. E nós conhecemos cada canto e curva dele. Todas as vezes que ele faz um som diferente, imediatamente já sabemos o que é, o que há de errado com ele. E nós o amamos. É como se ele fosse parte de nossa família. E eu espero que ele sempre esteja conosco” revela Jason.

Acompanhe a viagem pelo site: http://bodeswell.org/.

Para ler mais notícias, clique em  www.blogdarecreio.com.br. Informações sobre a Recreio Rio visite nosso site. Siga-nos no Twitter e Facebook .

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Recreio Rio 2012
credit